IMG_9858

A palestra Ecologia do Ser aconteceu no dia 09 de junho de 2016 no auditório do Paço Municipal, à convite da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente da Prefeitura de Jundiaí.

A abertura do evento foi feita por Marcelo Pilon, diretor da Secretaria do Meio Ambiente, que apresentou uma palestra sobre Bem Viver, compartilhando sobre a filosofia Ubuntu.  Trata-se de uma palavra africana, que exprime a consciência da relação entre o indivíduo e a comunidade.  Segundo o arcebispo anglicano Desmond Tutu, “a minha humanidade está inextricavelmente ligada à sua humanidade” . Essa noção de fraternidade implica compaixão e abertura de espírito e se opõe ao narcisismo e ao individualismo.

1

Marcelo Pilon falou sobre o Bem Viver e a filosofia Ubuntu

Nelson Mandela também explica esse ideal:

Respeito. Cortesia. Compartilhamento. Comunidade. Generosidade. Confiança. Desprendimento. Uma palavra pode ter muitos significados. Tudo isso é o espírito de UbuntuUbuntu não significa que as pessoas não devam cuidar de si próprias. A questão é: você vai fazer isso de maneira a desenvolver a sua comunidade, permitindo que ela melhore?

 

2

Mário Masaru Sakaguti Júnior compartilhou sobre a Ecologia do Ser e sua relação com os ensinamentos de Confúcio

Em seguida, Mário Masaru Sakaguti Júnior, falou sobre a Ecologia do Ser (a relação do Eu consigo mesmo, do Eu com o outro e do Eu com o meio), fazendo uma apresentação do Grande Aprendizado, de Confúcio, pensador e filósofo chinês que nasceu em meados do século VI a.C. Ele tinha o ideal de concretizar a harmonia e a paz no mundo.

A apresentação falou sobre as três etapas da obra “O Grande Aprendizado”:

  • 1º) Despertar a própria virtude
  • 2º) Aproximar-se das pessoas através da virtude
  • 3º) Desenvolver a virtude ao nível máximo Estes eram os três passos destacados por Confúcio para que o mundo pudesse um dia alcançar a tão almejada paz.

Para pacificar o mundo, pacifique os países.

Para pacificar os países, pacifique as cidades.

Para pacificar as cidades, pacifique as famílias

Para pacificar as famílias, comece pacificando a si mesmo

Confúcio

No final da apresentação, Lilian Saturnino Tvardovskas apresentou brevemente o ideal e o sistema de autoconhecimento e autoeducação do Instituto Ad Lumen.

  ??????????

Share Button

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>